A nova era do Wi-Fi

Raquel Fanci Por Raquel Fanci
<span class="hidden">–</span>Netgear/Reprodução

De um lado, estavam as operadoras de telefonia celular, que queriam para si a faixa de frequência de 6 GHz. Do outro, a Coalizão WiFi 6E, uma associação que reunia empresas como Google, Facebook, Microsoft e Intel, e defendia que essa banda fosse reservada para redes sem fio domésticas.

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) deu razão ao segundo grupo: isso significa que, em breve, você poderá comprar um roteador do padrão Wi-Fi 6E para usar na sua casa. Ele promete conexões até 400% mais rápidas e principalmente mais estáveis – para resolver, finalmente, as quedas e interferências que ainda são comuns nas redes Wi-Fi.

No começo, os roteadores serão bem caros. O Netgear AX11000 (acima), um dos primeiros a operar no novo padrão, custa US$ 500 nos EUA. E, para aproveitar o Wi-Fi 6E, você terá de trocar seu smartphone e notebook. Ou seja, a transição acontecerá aos poucos, durante os próximos anos. Mas deverá valer a pena.

Compartilhe esse Artigo